Empréstimos

Recurso voltado para Empresa Simples de Crédito (ESC)

Com o recurso de Empréstimos você pode fazer simulações e contratos de empréstimos, financiamentos e renegociações, com e sem garantia, efetuando todos os cálculos de parcelas, juros e impostos de forma automatizada pelo Fomenti.

O recurso de Contrato de Empréstimo encontra-se em fase Beta no momento. Isso significa que nem todos os recursos planejados foram implementados e que erros podem existir. Caso tenha alguma dúvida ou problema, entre em contato com nosso suporte pelo chat ou abra um chamado de suporte dentro do Fomenti (menu superior Ajuda (?) > Chamados de Suporte).

Configurações para Empréstimos

Antes de começar a digitar seus empréstimos, é necessário fazer algumas configurações do recurso na sua empresa. Para isso, acesse o menu superior Configurações > Empresas, clique em Editar, e na aba "Configurações", clique na categoria "Empréstimos" e efetua a parametrização de como sua empresa irá trabalhar com empréstimos.

Configurações de Empréstimos na Empresa.

Após efetuar as configurações da empresa, caso sua empresa cobre alguma tarifa nos empréstimos, é necessário efetuar o cadastro dessas tarifas. Para cadastrar novas tarifas, acesse menu lateral Cadastros > Tarifas, e então clique em "+ Adicionar nova tarifa".

Você deve definir como Local da cobrança "Empréstimo" e onde a tarifa será aplicada, se ao Contrato (é cobrada apenas uma vez por contrato) ou por Parcela (cobrada uma vez em cada parcela).

Tela de Cadastro de Tarifas.

Criando um novo Empréstimos

Para criar um novo empréstimo, acesse Movimentos > Empréstimos, e na parte superior direita da tela, clique em "+ Adicionar novo empréstimo".

Na tela de cadastro de empréstimo, informe os campos obrigatórios como tipo de contrato, data, tipo de garantia, tomador/cedente:

  • Tipo de Empréstimo: Empréstimo (sem necessidade de entrada), Financiamento (para financiamento de um bem com ou sem entrada), Renegociação (empréstimo de renegociação de dívida).

  • Número do contrato: Apenas é gerado quando o contrato passa para a etapa de Aguardando Pagamento.

  • Data do contrato: A data que será efetuado o empréstimo. É com base nessa data que serão geradas as parcelas do empréstimo.

  • Tipo de garantia:

    • Sem garantia: o contrato não terá uma garantia definida. Mais utilizada para empréstimos.

    • Alienação fiduciária: é quando o tomador do empréstimo transfere a propriedade de um bem qualquer (ou seja, aliena) para o credor, como forma de garantia de pagamento.

    • Fiador: é uma garantia pessoal, onde a pessoa fica responsável por todo o documento, ou seja, responde por todas as cláusulas contratuais, caso haja algum desrespeito.

    • Avalista: é uma garantia pessoal, onde a pessoa fica responsável apenas pelo valor de face do título, ou seja, pelo valor contratado, sem a incidência dos juros e encargos, em caso de atraso no pagamento.

  • Tomador (Cedente): É a pessoal física ou jurídica que está contratando o crédito.

Dados iniciais para novo contrato de empréstimo.

Após informar os dados iniciais do contrato, novas opções são abertas pelo sistema para que sejam informados os dados do empréstimo. Alguns campos podem mudar dependendo do tipo de contrato.

Dados sobre o empréstimo.
  • Valor do empréstimo (visível no tipo Empréstimo e Renegociação): O valor do crédito que será contratado pelo tomador.

  • Valor do bem financiado (visível no tipo Financiamento): O valor total do bem que será financiado. Por exemplo, se for uma casa no valor de R$ 100.000,00, esse será o valor do bem financiado.

  • Valor da entrada (visível no tipo Financiamento): O valor que será dado pelo Tomador como entrada no financiamento.

  • Valor do empréstimo (visível no tipo Financiamento): É o valor do crédito a ser liberado ao tomador, sendo a diferença entre [Valor do bem] - [Valor da entrada].

  • Taxa de Juros (ao mês): A taxa de juros que será aplicada para o contrato.

  • Sis. Amortização: O sistema de amortização das parcelas que será utilizado no contrato.

    • Price (parcelas fixas): as parcelas serão fixa para o contrato. É um sistema em que a maior parte da primeira prestação é composta por juros. Assim, durante o financiamento, o valor pago em juros diminui e o valor pago em amortização aumenta, sem que o valor das parcelas se altere. É a opção mais utilizada para empréstimos. Obs: em certas situações, a última parcela pode ter uma variação de centavos a menor em relação as outras parcelas, devido ao cálculo do saldo devedor da última parcela.

    • SAC: (parcelas decrescentes): as parcelas serão decrescentes para o contrato. No caso do SAC o valor de amortização durante o financiamento permanece o mesmo, mas o que diminui é o valor pago em juros, o que permite uma redução do valor da prestação durante o contrato.

  • Qtd. Parcelas: A quantidade de parcelas para pagamento do empréstimo.

  • Data da 1ª Parcela: A data para pagamento da primeira parcela do empréstimo.

  • Cobrar IOF: Se será cobrado IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras) no empréstimo. O IOF sempre é financiado no contrato.

  • Compor Tarifas nos juros: Quando habilitado, o Fomenti irá calcular uma nova taxa de juros levando em conta o valor das tarifas cobradas no contrato, ou seja, as tarifas serão embutidas nos juros. Recomendado habilitar caso seja uma Empresa Simples de Crédito (ESC).

  • Cobrar juros das tarifas: Quando habilitado, será cobrado juros das tarifas financiadas no contrato. O financiamento das tarifas será aplicado no recalculo da taxa de juros do contrato.

  • Vlr. Tarifas do Contrato: As tarifas que serão cobradas do contrato.

  • Vlr. Tarifas das Parcelas: As tarifas que serão cobradas por cada parcela do contrato.

Após informar todos os parâmetros do contrato de empréstimo, clique em Gerar Parcelas para que o Fomenti efetue todos os cálculos e gere as parcelas do contrato.

Totais do Contrato e parcelas geradas.

Caso queira salvar esse empréstimo, clique em Salvar contrato. Com isso, o contrato fica com a situação Aberto dentro do sistema, mas permitindo alterações em alguns dados.

Assim que a contratação do empréstimo for confirmada pelo Tomador (Cedente), você pode enviar o contrato para Análise (caso tenha sido habilitado o fluxo de aprovação de empréstimos) ou para Aguard. Pagamento (caso não utilize o fluxo de aprovação).

O número do contrato apenas é gerado quando ele é enviado para a etapa de Aguard. Aprovação.

Nessa etapa você pode fazer a impressão do contrato de empréstimo acessando menu Opções > Modelos de Docs.

Pagando um empréstimo

Assim que o contrato estiver na etapa de Aguard. Pagamento, você pode confirmar o pagamento do crédito ao Tomador (Cedente) efetuando o processo de pagamento. Para isso, acesse dentro do contrato o botão Opções > Pagar.

Opção para pagar o crédito do contrato ao Tomador (Cedente).

Será aberta a janela de Formas de Pagamentos, onde você deve informar as formas de pagamentos e de quais contas do financeiro os valores saíram para crédito do Tomador (Cedente). Veja como lançar Formas de pagamentos aqui.

Após o pagamento ser efetuado, o empréstimo fica com a situação final Pago e os boletos de cobrança das parcelas podem ser gerados.

Quando um empréstimo é Pago, o Fomenti gera títulos do tipo Empréstimo para cada parcela do empréstimo. Esse títulos podem ser localizados acessando menu Movimentos > Títulos. Toda movimentação de um título de Empréstimo gera movimenação na parcela do respectivo empréstimo.

Gerando boletos das parcelas

Após um empréstimo está na situação Pago, o Fomenti libera a opção para geração dos boletos das parcelas. Você pode gerar todos os boletos em lote e enviar por e-mail ao Tomador (Cedente). Para gerar os boletos das parcelas, dentro do empréstimo acesse o menu Opções > Gerar/enviar boletos em lote.

Opção para gerar boletos em lote.

A opção de geração de boletos também pode ser acessada através do botão Opções em cada parcela.

O processo para geração e envio dos boletos por e-mail é o mesmo utilizado para os títulos de uma operação. Para ver mais detalhes de como gerar e enviar boletos, clique aqui.